NOTÍCIAS

12/06/2019

O Trigo é intrigante!

O trigo foi o primeiro cultivar a ser ?domesticado? pelo homem

O trigo, que faz o pão nosso de cada dia, é uma cultura muito presente em nosso cotidiano. Mesmo assim, muitos ainda não conhecem a história e a importância desse alimento para a alimentação mundial. Bem, hoje é dia de mudar isso! Vamos falar sobre o trigo?

 

Talvez você não saiba, mas o trigo foi o primeiro cultivar a ser “domesticado” pelo homem, dando início ao que hoje chamamos de revolução agrícola. Foi por meio desse importantíssimo processo na história da civilização, por exemplo, que garantimos o fim do nomadismo há mais de 10 mil anos.

 

E se o fato acima citado não for o suficiente para eternizar o trigo no rol das grandes culturas, vamos avançar um pouquinho na história. O período da vez, muito mais perto da nossa realidade é a década de 50, início da chamada revolução verde. Após o final da Segunda Guerra e com o rápido crescimento da população mundial, autoridades e comunidade científica passaram a se preocupar com uma pergunta muito pertinente (e muito atual): “como alimentar esse tanto de gente que chega diariamente no mundo?”. Nasce daí a dita revolução que busca aumentar, por meio de novas sementes, a utilização de insumos agrícolas, a mecanização e a adoção de práticas de cultivo, a produtividade e a qualidade dos cultivos em todo o mundo.

 

E o trigo com isso? Bem, o cereal foi um dos primeiros a utilizar novas técnicas de cruzamento genético que melhorariam sua resistência e aumentariam sua produtividade. As técnicas utilizadas no desenvolvimento dessa cultura serviriam de base para outras culturas se adaptarem a diferentes climas e regiões de todo o mundo.

 

E falando nisso, você sabia que existem diversas espécies de trigo?

 

Trigo comum (Triticum aestivum), duro (Triticum durum), espelta (Triticum spelta), kamut (Triticum turgidum var. Poloicum), entre tantos, são exemplos de variações que conseguimos encontrar em todo o mundo e, cada um deles, utilizado para um propósito. Sim, existem trigos indicados para cada tipo de receita (pães, massas, farinha, etc.). A propósito, no caso do Brasil, a espécie mais comumente encontrada é a comum, que pode aparecer como “Tipo 01, 02 ou 03” e são as mais indicadas para a produção de pães.

 

FONTE: BLOG SYNGENTA