NOTÍCIAS

29/11/2019

Veja a tecnologia por trás dos fungicidas mais resistentes à chuva

Produtos que não são facilmente lavados pela água a

Além de interferir no aparecimento de doenças foliares que podem devastar a cultura de soja, o fator climático também atua diretamente nos resultados dos produtos aplicados. Por exemplo: pelo fato da safra da soja se desenvolver sempre em períodos mais chuvosos, é fundamental que os produtos utilizados na prevenção e no tratamento de doenças possuam maior aderência.

 

Esse efeito se expressa no tempo de permanência do fungicida na planta, ou seja, quanto maior for sua aderência, menor a possibilidade de ser lavado pela chuva e, consequentemente, maior será o seu tempo de ação sobre os fungos que provocam as doenças da soja. Outro ponto importante para a máxima eficiência dos fungicidas é a utilização de adjuvantes que proporcionem um melhor espalhamento do produto, resultando em uma maior cobertura foliar.

 

Ambas as características fazem parte da tecnologia Bravo, conforme explica Bruno Zuntini, Gerente de Marketing de Fungicidas da Syngenta. “Presente no multissítio Bravonil®, ela é a responsável por fazer com que o produto seja rapidamente absorvido pela planta, se espalhe uniformemente sobre ela e não seja facilmente lavado pela água em caso de chuvas após a aplicação. Nossa formulação permite que Bravonil® persista por mais tempo na folha de soja se comparado a outras soluções disponíveis no mercado”, diz.

 

Outra característica apresentada por Zuntini é a praticidade: Bravonil®, por conta da Tecnologia Bravo, é um produto líquido, de fácil aplicação, que não entope bicos aplicadores e auxilia no manuseio do fungicida.

 

O diferencial citado por Zuntini chamou a atenção do professor da Universidade de Rio Verde, Hércules Diniz Campos. “É um produto que recomendamos não só pelo incremento de produtividade que ele pode proporcionar, mas também pela eficácia e preservação das tecnologias”, indica.

 

Bravonil® é um multissítio de contato à base de clorotalonil que potencializa o controle de importantes doenças da cultura de soja quando usado em associação com fungicidas de sítio específico. É importante ressaltar que os fungicidas que se enquadram na categoria de multissítios atuam em diferentes pontos metabólicos do fungo. Devido a essa característica, eles funcionam como importante ferramenta no manejo de resistência, contribuindo para a manutenção da performance dos produtos.

 

FONTE: PORTAL SYNGENTA